GRAVURA: TEREZA YURI YAMAI

BEM-VINDOS!

Temos o prazer de apresentar o 37º Congresso da Liga Brasileira de Epilepsia – LBE que será realizado de 6-9 de junho de 2018 no Hotel Maksoud Plaza em São Paulo, SP.

O Congresso da LBE já é uma tradição na epileptologia brasileira pela expressividade e qualidade, mas este será um congresso inovador.

A novidade começa no primeiro dia com o I SIMPÓSIO INTERNACIONAL DA LIGA BRASILEIRA DE EPILEPSIA que irá apresentar sob a ótica de experts estrangeiros assuntos de interesse. Serão 2 os temas: Symposium ​Developmental and/or Epileptic Encephalopathies e ​o Symposium Surgical Treatment of Epilepsy-Cleveland Clinic and Brazilian Centers. Além disso ainda com a participação de expert internacional, teremos o I Workshop Hands on Ketogenic Diet que mostrará o passo a passo desta modalidade terapêutica na prática diária. Outra novidade no primeiro dia será a sessão de abertura marcada pela CONFERÊNCIA MAGNA ministrada pelo Dr Felix Rosenow da Goethe Universitat de Frankfurt.

Seguem-se dois dias com muitas atividades como conferências, palestras, mesas redondas, sessões de vídeos e de pôsteres. E, no último dia mais uma nova experiência: as SESSÕES DE DEBATE. São sessões interativas em que os participantes após ouvirem a explanação de especialistas sobre temas controversos serão convidados a darem a sua opinião.

E, a última novidade é que na Sessão de Abertura além das premiações aos melhores trabalhos apresentados no Congresso será conhecida a pessoa que irá receber a I Bolsa do PROGRAMA LBE DE FORMAÇÃO EM EPILEPSIA na qual o premiado irá estudar por um ano em um Serviço de Epilepsia reconhecido e por ele elegido em nosso meio.

Mas para que tudo isto seja um sucesso precisamos de vocês. Inscreva-se!


Maria Luiza Manreza
Presidente Comissão Organizadora

INOVADOR

UM CONGRESSO INOVADOR

6 DE JUNHO
I INTERNATIONAL SYMPOSIUM ON THE BRAZILIAN LEAGUE OF EPILEPSY

Inscreva-se nos 3 Simpósios pré congressos que serão simultâneos:

  • SYMPOSIUM OF GENETIC EPILEPTIC ENCEPHALOPATHIES
  • SYMPOSIUM ON NEUROCIRURGY: BRAZIL AND CLEVLELAND CLINIC
  • SYMPOSIUM ON CETOGENIC DIET




7 e 8 DE JUNHO
2 dias de muitas atividades: conferências, mesas redondas, simpósios da hora do almoço, discussão de casos clínicos, apresentação de posters, simpósios do final do dia.


9 de JUNHO:
DEBATES EM EPILEPSIA

Com a participação de todos os congressistas e moderação do Prof Dr Carlos Guerreiro debates sobre temas polêmicos em: epilepsia na Infância, epilepsia no adulto e cirurgia de epilepsia. Venha testar seu conhecimento e esclarecer dúvidas.

COMISSÕES


COMISSÃO ORGANIZADORA

Presidente: Maria Luiza Giraldes de Manreza
Vice-presidente: Elza Márcia Targas Yacubian
Secretária: Carmen Jorge
Tesoureira: Letícia Pereira de Brito Sampaio


COMISSÃO CIENTÍFICA

Carlos Guerreiro - Coordenação
Marilisa Guerreiro - Coordenação

Experimental:
Esper Cavalheiro
Genética:
Iscia Lopes Cendes
Infância:
Ana Carolina Coan / Kette Valente
Cognição:
Luiz Henrique Martins Castro
Psiquiatria:
Gerardo Maria de Araújo Filho / Renato Luiz Marchetti
Tratamento Medicamentoso:
Lécio Figueira Pinto
Tratamento Cirúrgico:
Américo Sakamoto / Carmen Lisa Jorge / Wen Hung Tzu
Dieta Cetogênica e Neuroestimulação:
Letícia Sampaio / Isabella D Andrea
Imagem:
Fernando Cendes
Neurofisiologia Clínica:
Luiz Otavio Caboclo / Carlos Silvado

PALESTRANTES INTERNACIONAIS

CONFERENCISTAS INTERNACIONAIS

Anna Letícia Pinto

Anna Letícia Pinto
Harvard Children's Hospital, Boston, MA, USA

Ahmed T. Abdelmoity

Ahmed T. Abdelmoity, MD, FAAP.
University of Missouri-Kansas City School, USA

Cristina Bergqvist

Cristina Bergqvist
Children’s Hospital of Philadelphia, PA, USA

Felix Rosenow

Felix Rosenow
Goethe Universitat – Frankfurt am Main, Germany

Jorge Alvaro-Gonzales Martinez

Jorge Alvaro-Gonzales Martinez
Cleveland Clinic, Cleveland, Ohio, USA

Laura Jehi

Laura Jehi
Cleveland Clinic, Cleveland, Ohio, USA

Lidia Mayumi Nagae

Lidia Mayumi Nagae
University of Colorado Denver - Anschutz Medical Campus, USA

Nicolla Specchio

Nicolla Specchio
Bambino Gesus Children’s Hospital, Roma, Italy

Peter Wolf

Peter Wolf
Danish Epilepsy Centre Dianalund, Denmark; Federal University of Santa Catarina, Florianópolis, SC, Brazil.

Phillip Pearl

Phillip Pearl
Harvard Children's Hospital, Boston, MA, USA

Rima Nabbout

Rima Nabbout
Necker Enfants Malades Hospital. Paris, France

Samuel Wieb

Samuel Wiebe
University ​of Calgary, ​Canada

Torbjorn Tomson

Torbjorn Tomson
Karolinska Institute, Stockholm, Sweden

INSCRIÇÕES


Valores de Inscrição

Inscrição no Congresso por Categoria Até 20/03 Até 02/05 Após 02/05 até o Evento
Médico Não Sócio LBE R$ 800,00 R$ 900,00 R$ 1.000,00
Médico Sócio LBE* R$ 600,00 R$ 700,00 R$ 800,00
Médico Pós-Graduando ou Residente Não Sócio LBE** R$ 600,00 R$ 700,00 R$ 800,00
Médico Pós-Graduando ou Residente Sócio LBE** R$ 500,00 R$ 600,00 R$ 700,00
Médico Sócio ABN / SBNC* R$ 700,00 R$ 800,00 R$ 900,00
Médico Pós-Graduando ou Residente Sócio ABN / SBNC** R$ 550,00 R$ 650,00 R$ 750,00
Graduando em Medicina** R$ 500,00 R$ 600,00 R$ 700,00
Outros Profissionais de Saúde R$ 500,00 R$ 600,00 R$ 700,00
Técnicos em Neurofisiologia Clínica R$ 400,00 R$ 500,00 R$ 600,00


* sócio quite
** enviar comprovante de matrícula para epilepsia@eventus.com.br


I INTERNATIONAL SYMPOSIUM ON THE BRAZILIAN LEAGUE OF EPILEPSY

6 de junho (Pré Congresso) - 8h00 – 18h00

Inscrição Até 20/03 Até 02/05 Após 02/05 até o Evento
Curso Pré Congresso GENETIC EPILEPTIC ENCEPHALOPATHIES R$ 150,00 R$ 180,00 R$ 200,00
Curso Pré Congresso: NEUROCIRURGY: BRAZIL AND CLEVELAND CLINIC R$ 150,00 R$ 180,00 R$ 200,00
Curso Pré Congresso de Dieta Cetogênica – médicos R$ 150,00 R$ 180,00 R$ 200,00
*Curso Pré Congresso de Dieta Cetogênica - nutricionistas R$ 150,00 R$ 180,00 R$ 200,00


* Nutricionistas que tem interesse no Curso Pré Congresso de Dieta Cetogênica, devem se cadastrar em ci.eventus.com.br/epilepsia2018 e nos enviar um email para epilepsia@eventus.com.br. Após contato, o boleto para pagamento será enviado por email. Apenas neste curso é permitido inscrição avulsa.

 Forma de pagamento: boleto bancário 

Pagamento Online

O boleto pode ser pago em qualquer agência bancária ou via internet banking de seu banco. Realizando seu pagamento por boleto bancário não é necessário enviar comprovante mas sugerimos mantê-lo em lugar seguro e levá-lo ao evento.

Inscrição e pagamento online

As inscrições no evento e pagamento serão feitas exclusivamente via sistema on-line.
Data máxima para inscrição online: 28/05/18
Após esta data, as inscrições serão feitas apenas na secretaria do evento.

Clique aqui para fazer sua inscrição

Política de devolução da taxa de inscrição

• Solicitada até 10/04/18: 70% da taxa de inscrição;
• Após 10/04/18: não haverá devolução.

CURSOS PRÉ CONGRESSO


06/06/17 - 4ª. feira



Ketogenic Diet

 (Trazer computador para cálculos na ketocalculadora) 

8h00 – 8h20
Boas Vindas e Introdução

8h30 – 9h30
Terapias cetogênicas
- Aprender sobre epilepsia e o papel da dieta
- Reconhecer as indicações e contraindicações da dieta
- Aprender sobre os efeitos adversos do ponto de vista do neurologista e como trata-los
- Conhecer outras indicações além da epilepsia – câncer, Alzheimer e autismo
- Dicas de como melhorar os centros de dieta cetogênica

9h30 – 10h30
Dieta cetogênica clássica
- O que é a DCC
- Como calcular e orientar / introduzir
- Exemplos de cardápio / receitas
- Como fazer o seguimento

11h00 – 11h40
Dieta Modificada de Atkins
- O que é a DMA
- Como orientar e introduzir
- Como fazer o seguimento

11h40 – 12h00
Dieta com TCM
- O que é a DTCM
- Quando devo utilizar o TCM
- Como usar o TCM

12h00 – 13h30
ALMOÇO

13h30 – 14h00
Suplementação de vitaminas e minerais
- Porque devo suplementar
- Como calcular a suplementação
- Quais são os melhores suplementos

14h00 – 15h00
Ajuste fino e retirada da dieta cetogênica
- Como fazer o seguimento e ajustes
- O que deve ser acompanhado
- Como fazer a retirada

15h00 – 15h15
Exames laboratoriais
- Exames pré dieta
- Exames no seguimento

15h15 – 15h30
Medicações
- Como orientar e monitorar as medicações
- O que não deve conter nas medicações

15h30 – 16h00
A dieta em circunstâncias especiais
- Status epilepticus
- Unidade neonatal
- Durante intercorrências

16h00
KETOCHEF
Demonstração de 3 receitas

Epileptic Encephalopathies

8h00 – 8h40
Epileptic encephalopathies: definition and physiopathology

8h40 – 9h20
Investigation in epileptic encephalopathy

9h20 – 10h00
SCN1A:
Clinical case (10’) and lecture (30’)

Clinical and genetic features, and therapeutic options

10h00 – 10h30
KCNT1:
Clinical cases (10’) and lecture (30’)

Clinical and genetic features, and therapeutic options

10h30 – 11h00
Coffee-break

11h00 – 11h30
Epilepsy and chromosomal syndromes

11h30 – 12h00
Epilepsy and Down Syndrome

12h00 – 13h30
Almoço

13h30 – 14h10
Epileptic encephalopathy: MTOR pathway. Tuberous sclerosis complex.

14h10 – 14h50
The use of everolimus: when to indicate?

14h50 – 15h30
Epileptic encephalopathy: Sturge-Weber, the treatment beyond the seizures

15h30 – 16h00
CSWS: the “typical” epileptic encephalopathy

Cleveland Clinic and Brazilian Centers

8h00 – 8h30
The silent killer: drug resistant epilepsies

8h30 – 9h00
Surgical remediable syndromes in children: an overview

9h00 – 9h30
Peculiarities of focal cortical dysplasias

9h30 – 10h00
Hemisferotomias

10h00 – 10h30
The challenge – Epileptic encephalopathies: optimizing seizure control and developmental outcome

10h30 – 11h00
Coffee-break

11h00 – 11h30
Surgical remediable syndromes in adults: an overview

11h30 – 12h00
Which surgical approach for mesial temporal lobe epilepsy related to hippocampal sclerosis?

12h00 – 13h30
Almoço

13h30 – 14h00
Invasive monitoring: subdural grids

14h00 – 14h30
Invasive monitoring: depth electrodes

14h30 – 15h00
Intraoperatory work-up

15h00 – 15h30
Surgery for patients with normal MRI. Is it possible?

15h30 – 16h00
Epilepsy surgery prognosis – developmental outcome

PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA



Clique aqui para ver os CURSOS PRÉ CONGRESSO


07/06/2018 - 5ª. feira



8h00 – 8h50 Conferência
Epilepsy surgery prognosis: An overview
9h00 – 10h30 Mesa 1
Crises Epilépticas no Período Neonatal
• Top ten diagnosis not to miss – treatable metabolic epilepsies
• Nova classificação das crises neonatais
• Neonatal EEG interpretation
Mesa 4
Transtornos Psiquiátricos Associados à Epilepsia
• Transtornos depressivos nas epilepsias
• Transtornos psicóticos nas epilepsias
• TDAH nas epilepsias
10h30 – 11h00 Intervalo
11h00 – 12h30 Mesa 2
Epilepsia na Infância
• Guias atuais sobre o tratamento da epilepsia grave do lactente
• Tratamento dos espasmos epilépticos: atualização
• West syndrome: when all treatments fail
Mesa 5
Estado de Mal Epiléptico
• Preventing status epilepticus – acute medications
• Treating status epilepticus – acute medications
• New terminology – EEG in critical care
12h30 – 14h00 Almoço /Simpósio Satélite Politec
The treatment of DRE in special groups with VNS
14h00 – 14h50 Conferência
Inflammation and Epilepsies: Fight FIRES and NORSE
15h00 – 16h30 Mesa 3
Avanços em Epilepsia
• A nova abordagem das encefalopatias epilépticas
• Como o conhecimento sobre a etiologia genética pode influenciar a prática clínica: o exemplo das encefalopatias epilépticas
Mesa 6
Epilepsia e Encefalites Auto-imunes
• Encefalites agudas com quadro clínico iniciando com crises epilépticas
• Encefalites subagudas e crônicas imunomediadas
• Status epilepticus treatment in immune mediated encephalitis
16h30 – 17h00 Intervalo
18h00 – 19h00 Sessão de Pôsteres





08/06/2018 - 6ª. feira



8h00 – 8h50 Conferência
Epilepsy and pregnancy: Risks and opportunities
9h00 – 10h30 Mesa 7
Distúrbios Cognitivos
• Métodos de neuroimagem estrutural avançada na avaliação dos distúrbios cognitivos em epilepsia
• Ressonância magnética funcional na avaliação de funções cognitivas em epilepsia
• Impacto da cirurgia de epilepsia em funções cognitivas: o que temer?
Mesa 10
Tratamento Medicamentoso das Epilepsias
• Tratamento medicamentoso no cenário atual
• Epilepsias autolimitadas da infância. O que fazer?
• Aspectos específicos do tratamento no idoso
10h30 – 11h00 Intervalo
11h00 – 12h30 Mesa 8
Neuroimagem
• Neuroimagem estrutural: a contribuição de técnicas quantitativas na prática clínica
• Imaging of laser therapy in epilepsy
• Contribuições da imagem por tensor de difusão (DTI) no planejamento e seguimento do tratamento cirúrgico para epilepsia
Mesa 11
Cirurgia de Epilepsia
• Importância do anatomopatológico no prognóstico da cirurgia de epilepsia
• Importância da indicação precoce de cirurgia em epilepsia
• Quando indicar avaliação invasiva?
12h30 – 14h00 Almoço /Simpósio Satélite Biomarin
Photosensitivity is an early marker of neuronal ceroid lipofuscinosis type 2 disease. Management strategies
14h00 – 14h50 Conferência
Current role of ketogenic diet in the epilepsy treatment
14h00 – 15h30 Mesa 12
Tratamento além dos Fármacos Antiepilépticos
• Síndromes epilépticas não cirúrgicas
• Epilepsia farmacorresistente não cirúrgica: O que mais podemos oferecer?
• Mecanismo de ação e indicadores de resposta na terapia com estimulador do nervo vago
15h00 – 16h30 Mesa 9
SUDEP
• Mecanismos fisiopatogênicos
• Postictal generalized EEG supression after generalized tonic-clonic seizures
• Como prevenir SUDEP
16h30 – 17h00 Intervalo
17h00 – 18h00 Sessão interativa de vídeo-EEG
Como classificar os eventos diante da nova classificação de 2017?
Apreciação crítica da nova classificação
18h00 – 19h00 Sessão de Pôsteres





09/06/2018 - Sábado



8h00 – 8h50 Conferência
Epileptic encephalopathy with a potential benign prognosis in relation to epilepsy.
9h00 – 9h45 Controvérsias em Epilepsia (Módulo I)
Cirurgia de epilepsia
9h45 – 10h15 Intervalo
9h00 – 9h45 Controvérsias em Epilepsia (Módulo II)
Uso do valproato em mulheres em idade fértil
11h00 – 11h45 Controvérsias em Epilepsia (Módulo III)
Fármacos convencionais x Fármacos “novos”
11h45 – 12h15 Highlights
12h15 Encerramento

ENVIO DE RESUMOS

NORMAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS

 Data limite para submissão de trabalhos: 20/03/18
Limite de trabalhos por inscrição: 2

INSTRUÇÕES PARA SUBMISSÃO

Chamada para submissão de manuscritos

RESUMO

  1. O resumo do trabalho deverá ser enviado somente via eletrônica.
  2. Encaminhe apenas resumo de trabalho inédito (não publicado).
  3. O autor apresentador do trabalho deverá inscrever-se no Congresso e, se sócio, estar quite com a anuidade de 2017.
  4. Um autor pode inscrever e apresentar 2 trabalhos podendo ser co-autor de outros resumos.
  5. Os resumos inscritos serão analisados pela Comissão Científica do Congresso e o resultado será enviado por email
  6. A análise abrangerá os seguintes aspectos: objetivos relevantes, claramente definidos; metodologia adequada; resultados apresentados com clareza; conclusões pertinentes.
  7. A qualidade do texto (gramática, ortografia e digitação) é de responsabilidade do autor e será considerada como critério de avaliação pela Comissão Científica.
  8.  Não serão aceitas descrições de projetos, intenção de trabalho, revisões bibliográficas ou trabalhos já publicados. 
  9.  Não serão aceitas inscrições com trabalho após o dia 20/03/18
  10. Os trabalhos selecionados deverão ficar expostos, na forma de painel, durante a realização do Congresso. A área reservada para cada painel será de 0,90 m de largura x 1,20m de altura.
  11. O apresentador deve estar obrigatoriamente inscrito no evento. Trabalhos sem a inscrição correspondente não serão considerados
  12. Todos os resumos serão analisados pela Comissão Científica. Compete aos membros da Comissão e aos revisores indicados pela Comissão selecionar e avaliar os trabalhos a serem apresentados, recusando aqueles que não estiverem de acordo com as normas do Congresso, especificadas nos itens abaixo;
  13. Após a revisão do resumo, o autor receberá email comunicando se o resumo foi aceito ou não
  14. A partir do ato da inscrição do trabalho, aceita a condição de publicação do resumo do trabalho em impressos, digital e/ou via Internet, não cabendo garantia de qualquer direito autoral ou de uso de imagem aos apresentadores e autores.




ELABORAÇÃO DOS RESUMOS

Áreas para os resumos​:

  1. Epileptologia do adulto
  2. Ciências básicas
  3. Neurofisiologia clínica
  4. Comorbidades
  5. Farmacoterapia
  6. Epidemiologia
  7. Epilepsia em idosos
  8. Cirurgia de epilepsia
  9. Genética
  10. Neuroimagem
  11. Neuropsicologia
  12. Neuroestimulação
  13. Epileptologia pediátrica
  14. Psiquiatria
  15. Temas sociais / enfermagem
  16. Status epilepticus
  17. Terminologia e classificação
  18. Questões da mulher


  • O autor deverá assinalar a área principal correspondente ao trabalho. Cada trabalho deverá ser inscrito em uma única área;. Deverão ser informados Título do trabalho em letras maiúsculas, dados do autor principal e nomes dos demais autores. Haverá locais específicos para colocação de cada informação. No local reservado para o resumo não deverá repetir as informações aqui citadas;
  • O resumo deverá abranger de forma sucinta e clara, a introdução, objetivos e metodologia, resultados e conclusões. O resumo (Abstract) deverá conter até 1.200 caracteres considerando título/nome e local.
  • As citações de referências bibliográficas devem ser mantidas a um mínimo e, se utilizadas, devem ser incluídas, mencionando o nome do periódico abreviadamente, volume: página inicial, ano (ex.: Science 472:24, 1992). Citações do tipo Souza et al., 1994, não serão aceitas;
  • Só serão aceitos resumos em português
  • Gráficos, imagens ou tabelas não serão permitidos.


Clique aqui para submeter seu trabalho

LOCAL

Maksoud Plaza Hotel
Alameda Campinas, 150 - Bela Vista
São Paulo - SP

HOSPEDAGEM/ PASSAGENS

Flamboyant

Viagens e Turismo


Flamboyant Viagens e Turismo

www.flamboyantviagens.com.br
suelytavares.flamboyant@uol.com.br
Telefone: (11) 5070-4336
Cel: (11) 99912-0851 (CLARO)

BOLSA LIVANOVA-LBE DE CAPACITAÇÃO EM EPILEPSIA NO BRASIL



REGRAS PARA INSCRIÇÃO




CRONOGRAMA


  • Abertura de chamada dos candidatos e período de inscrições: 15/03-30/04/2018
  • Publicação de resultados: 7/05/2018
  • Seleção de centros: 7-15/05/2018
  • Início do Programa de capacitação: a ser determinado por cada Centro.




1. PROPÓSITO

Com a intenção de reduzir de forma progressiva a brecha terapêutica existente nas diferentes regiões brasileiras, a Diretoria da Liga Brasileira de Epilepsia (LBE) oferece um Programa de Capacitação baseado em um estágio em Centros brasileiros dedicados à epilepsia. Para o ano de 2019 é oferecida uma posição de Fellowship em Epileptologia Clínica de um ano de duração.


2. ALCANCE

Trata-se de um Programa de Capacitação em Epileptologia Clínica. Os candidatos serão avaliados pelos docentes do Centro receptor. O Centro receptor proporcionará ao final do estágio um certificado da duração da mesma, assim como realizará uma avaliação personalizada que será encaminhada à LBE.
Estos certificados não são equivalentes a títulos acadêmicos como Mestrado, Doutorado nem de Especialização Profissionalizante. Não é uma titulação de especialização sensu latu nem sensu stricto.


3. DIRETRIZES

QUALIDADE
Se refere que as instituições capacitadoras têm renome e experiência em epilepsia a nível nacional, o que garante a capacitação oferecida. Também se refere a qualidade, com relação ao candidato, que deverá cumprir os requisitos de inscrição, da admissão e demonstrar um interesse genuíno pela epileptologia durante sua capacitação.

RESPONSABILIDADE SOCIAL
As aplicações dos candidatos a esta bolsa devem estar respaldadas por um responsável por um serviço de Epilepsia ou Neurologia de sua cidade de origem. O candidato aprovado assume o compromisso de regressar a sua região de origem, preferencialmente assumindo posições em instituições públicas ou universitárias, uma vez terminada a sua capacitação. Assim, deverá enviar à LBE informações periódicas sobre as atividades desenvolvidas em epilepsia em sua região aos 6 meses, após um e dois de seu regresso.

PRIORIDADE
A bolsa será outorgada preferentemente a um aspirante procedente de uma região brasileira com maior carência de serviços dedicados ao tratamento de pessoas com epilepsia.

TRANSPARÊNCIA
Todas as estratégias empregadas pela a escolha do candidato, execução e avaliação do bolsista ocorrerão segundo as normas aquí expostas e serão de caráter público para quem de maneira escrita solicite a informação.


4. PERFIS

PERFIL DO ASPIRANTE
Poderão inscrever-se para esta bolsa de capacitação médicos com título de especialista em Neurologia de adultos ou pediátrica ou em Neurofisiologia Clínica ou que tenham completado a residência correspondente.

PERFIL PROFISSIONAL
Após a capacitação o bolsista deverá atuar com competência profissional em sua comunidade no cuidado de pessoas com epilepsia, assim como exercer um papel visando a multiplicação do conhecimento recebido.


5. INSCRIÇÃO DE CENTROS DE CAPACITAÇÃO

Os Centros de capacitação são reconhecidos na assistência, docência e investigação da epilepsia.
Será aberta a inscrição para os Centros interessados em receber o candidato, os quais podem oferecer dois programas: um a nível básico para capacitação em epileptologia clínica e eletroencefalografia e outro a nível mais avançado, para médicos já com conhecimento de eletroencefalografia para epileptologia clínico-cirúrgica e vídeo-EEG. Os Centros deverão informar:

  1. Explicitar a necessidade ou não de pagamento de taxas ao Centro ou à Universidade.
  2. Determinar o perfil do aspirante: Neurologia de adultos ou infantil ou Neurofisiologia, ou ambas. Especificar a disponibilidade de formação em EEG neonatal e/ou na avaliação pré cirúrgica conforme o item D.
  3. Estabelecer um plano de estudos detalhado com um ano de duração.
  4. Os planos de estudo deven ser flexíveis para a capacitação em epilepsia básica ou epilepsia avançada, dependendo do perfil do Centro. Sob a denominação epilepsia básica se entende o treinamento clínico e registro de EEG não invasivo dos pacientes com epilepsia, enquanto o termo epilepsia avançada consiste no estudo de vídeo-EEG não invasivo e invasivo e eletrocorticografia intraoperatória dos pacientes com epilepsia refratária em Centros de Cirurgia de Epilepsia. Os Centros deverão oferecer uma descrição de sua infraestrutura e potencialidades com referência a recursos humanos e materiais (número e modalidade de procedimentos e técnicas disponíveis como EEG, video-EEG, monitorização invasiva, SPECT, PET, MRI, Teste de Wada, etc.).
  5. Os planos de estudo devem ser dirigidos e ter coerência com a capacitação de um neurologista de adultos ou infantil.
  6. Identificar requisitos específicos para o bolsita. Por exemplo, para que o aspirante possa pretender um plano de estudo em epilepsia avançada deve certificar que tem conhecimentos de EEG de escalpo (duração do treinamento e local da formação).
  7. Especificar as rotações em diferentes serviços de sua estrutura como (ambulatórios, neurofisiologia, neuroimagem, etc., conforme suas características individuais), a carga horária e a pessoa responsável pelo Programa do referido Centro.



6. CHAMADO AOS ASPIRANTES E DIFUSÃO

A difusão do Programa se fará pelos seguintes meios:

  1. Página web da LBE.
  2. Divulgação aos associados da LBE.



7. INSCRIÇÃO DO CANDIDATO

Para o processo de inscrição o candidato deve cumprir os seguintes critérios:

  1. Título de especialista em Neurologia de adultos ou infantil ou em Neurofisiologia Clínica ou certificado de término da residência correspondente.
  2. Carta de recomendação e apoio do responsável por um Serviço de Epilepsia ou de Neurologia de sua região de origem, preferencialmente de uma universidade ou instituição pública.
  3. Carta de compromisso de contraprestação de trabalho acadêmico ou assistencial na região de origem, preferencialmente em uma instituição pública ou em uma universidade.
  4. Currículum vitae resumido (se avaliará particularmente o interesse especial em epilepsia: publicações, cursos, cursos breves, pesquisas, congressos, simpósios, etc.)
  5. Ter menos de 45 anos (cópia de documento de identidade).
    Os documentos solicitados poderão ser apresentados de forma digital (cópia escaneada). A LBE guarda o direito de solicitar os documentos originais ou a prova dos méritos anunciados se considerar pertinente.
    Os aspirantes que não cumprirem com algum dos ítens anteriores, Não será considerado no processo de seleção.



8. PROCESO DE ADMISSÃO

Se aconselha que os Centros sejam contactados precocemente pelo candidato que esteja nele interessado para sua capacitação, para conhecer oportunamente os requisitos específicos de cada um para sua aceitação pela Universidade ou pelo Centro.

  1. A LBE conta com critérios pré estabelecidos para avaliação das aplicações (ver critérios de avaliação dos candidatos).
  2. Serão admitidos em ordem descendente os aspirantes que obtiverem pontuação mais elevada na avaliação global dos documentos apresentados.
  3. Os resultados serão comunicados de maneira pessoal através de correio eletrônico aos aspirantes e serão publicados na página web da LBE.
  4. A decisão da Comissão Julgadora da LBE será inapelável.
  5. O candidato admitido deverá confirmar que estará disponível para tomar posse no lugar oferecido, o Centro de seu interesse de formação e o nível de formação solicitado, ou seja, epilepsia básica ou epilepsia avançada. Este processo será realizado por correio eletrônico. O candidato terá um prazo máximo de 7 dias para a confirmação de seu interesse após a divulgação do resultado.
  6. A seleçãp definitiva será informada ao Centro, enviando-se uma cópia da documentação apresentada pelo aspirante e informando o tipo de capacitação solicitada.
  7. O Centro respectivo fará o contacto com o aspirante no prazo máximo de 5 dias para determinar os requisitos necessários para o início do Programa de Capacitação.
  8. Em caso de renúncia do candidato com mais alta pontuação, será convocado o candidato seguinte da lista de aspirantes.



9. COMPROMISSOS

  1. O Centro de capacitação se compromete a desenvolver o plano de estudos ofertado.
  2. O admitido se compromete a desenvolver o plano de estudos solicitado.
  3. Não haverá possibilidade de trocas de Centros de capacitação, com exceção de motivos de força maior. Se entende como força maior, situações que não possam ser evitadas e tampouco que possam ser previstas. Se for caracterizado um motivo de força maior, a troca de Centros ocorrerá com o conhecimento da Diretoria da LBE, que estudará a solicitação e apenas com a aprovação do Centro emissor e do Centro receptor.
  4. O admitido se compromete a contraprestação de serviços na área de epilepsia em uma instituição de sua região, preferencialmente em uma universidade ou instituição pública, pelo período de dois anos.
  5. Se o admitido abandonar o treinamento, deverá devolver a soma integral da bolsa. Ficará eximido da devolução do dinheiro se demonstrar que o abandono ocorreu por motivos de força maior. A forma da devolução do dinheiro será definida pelo estudante e a Diretoria da LBE.
  6. O lugar que ficar disponivel pelo abandono do aspirante, poderá ser ocupado pelo candidato seguinte da lista de aspirantes, com acordo prévio com a Diretoria da LBE e o centro de capacitação; ao contrário, a bolsa ficará vaga para a nova convocação pela LBE.



10. SEGUIMENTO E AVALIAÇÃO

  1. O estudante será avaliado de acordo com os parâmetros estabelecidos pela Universidade ou pelo Centro de capacitação. Receberá um informe final de sua atuação conforme a avaliação do Centro e os requisitos de avaliação do presente Programa.
  2. O estudante deverá anotar as suas atividades, registrando o número e a data dos procedimentos realizados como leituras de EEG, telemetrias, seminários, reuniões, cursos, cursos breves, etc. Estas anotações deverão ser assinadas pelo professor encarregado pelo Centro de capacitação.
  3. O estudante fará ao finalizar sua capacitação um documento escrito sobre os pontos fortes e as debilidades do Centro de capacitação, assim como emitirá sugestões que considerar necessárias. Este documento será enviado à Diretoria da LBE, que contactará os encarregados do Centro de formação.



11. CERTIFICAÇÃO

  1. O Centro formador ou Universidade expedirá um certificado da capacitação, que poderá ser assinado pelo responsável acadêmico do Centro de capacitação. Este incluirá:
    Tempo cursado (meses com a carga horária)
    Matérias abordadas com sua respectiva avaliação de rendimento
  2. O mesmo Centro de capacitação, através de seu responsável acadêmico para o Programa, respaldará o documento das atividades desenvolvidas.



12. VALOR DA BOLSA

O valor mensal da bolsa está estabelecido em R$ 3500,00.
Esta quantia se refere a uma bolsa parcial que se destina à cobertura de gastos básicos como transporte e manutenção no local do Centro de capacitação. Em geral os Centros de capacitação não cobram taxas de matrícula ou exigem outros gastos.


CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DOS CANDIDATOS
1 - Local da graduação PONTOS
Norte 4
Nordeste 2
Centro 2
Sudeste 1
Sul 1
2 - Local da residência PONTOS
Norte 4
Nordeste 2
Centro 2
Sudeste 1
Sul 1
3 - Curriculum Vitae PONTOS
3.1 - Bolsa de Iniciação Científica 10
3.2 - Trabalhos publicados em revista indexada 40 Primeiro autor – 30
Autor - 10
3.3 - Apresentação de trabalho em Congresso 20 Oral - 10
Poster - 5
3.4 - Estágios reconhecidos (que não a residência) 20
3.4 - Participação no LASSE 10
3.5 - Participação em Congressos 10
3.6 - Inglês (comprovação com diploma) 15 Avançado - 10
Intermediário - 5

APOIO

Sociedade Brasileira de Neurofisiologia Clínica